O búzio é uma concha de praia com vários desenhos e tamanhos utilizados no dia a dia como adorno, e que por serem vindas do fundo do mar trazem os segredos das águas, do céu, e da terra e a energia de tudo que existe, já o jogo de búzios é de origem médio oriental, mais precisamente na região da Turquia, que adentrou posteriormente na África através de invasões, onde se enraizou tão profundamente, que dá a impressão de que se instituíra ali. 

É uma leitura divinatória e esotérica utilizada como consulta, e que é instrumento exclusivo de candomblecistas praticantes.

O jogo de búzios é jogado com dezesseis dessas conchas (búzios) que tem correspondência com os odús (destinos) principais.

Duas são as formas de se jogar; uma sobre a peneira ou urupema, e a outra sobre o fio de contas ou erindilogum.

Ainda são necessários outros apetrechos como uma vela branca, uma sineta, água, um côco, moedas, favas, e etc.

Também são três as condições básicas e são elas, conhecimento e aprendizado, permissão através de um ritual que é ministrado por um sacerdote ao iniciado, muita seriedade do consultor e do consulente.

A forma de jogo mais utilizada é a da leitura por odú, ou seja, pela quantidade de búzios abertos, ou fechados que são lançados por varias vezes e que ao final descrevem um quadro de chaves interpretativas.

 

 

Copyright 2020 - Central dos Tarólogos - Todos os direitos reservado.
powered by WEB4BUSINESS
Central dos Tarólogos Central dos Tarólogos Quem Somos Atendentes Comprar Minutos Vídeos Promoções Depoimentos Artigos Cadastro Contato
Quem Somos
Atendentes
Comprar Minutos
Vídeos
Promoções
Depoimentos
Artigos
Cadastro
Contato
Fechar